JA slide show

Priorizamos a prevenção, minimizando os riscos dos negócios, através de assessoria e consultoria jurídicas.

Caso ocorra um conflito, buscamos em primeiro a solução extrajudicial das controvérsias, recorrendo ao Judiciário quando necessário.  Assim, utilizamos a negociação, a conciliação, a mediação e mesmo a arbitragem.

O pioneirismo nessa forma de atuação e a experiência acumulada, permitem afirmar as inúmeras vantagens para as partes: economia de tempo e valores, bem como a redução de stress e satisfação com os resultados.   Como base, basta constatar o que ocorre normalmente: quando o conflito é decidido através de sentença judicial, invariavelmente é necessário um novo e penoso "processo" de execução. Ao contrário, quando a solução é negociada, raramente o que foi acordado é descumprido.


A título de exemplo de assessoria preventiva, em caso de constituição de sociedades, reunimo-nos com os futuros sócios, verificando os reais objetivos de cada um e da sociedade a ser constituída. Orientamos sobre os direitos e deveres de todos e esclarecemos detalhes jurídicos, inclusive desfazendo mitos.  Buscamos permitir às partes, a maior discussão possível de situações que poderão ocorrer durante e após a constituição da sociedade. O contrato e seu respectivo instrumento, se bem elaborado, evitará surpresas desagradáveis, facilitará o entendimento do que foi pactuado e evitará conflitos desnecessários no futuro, que acabam pondo fim a inúmeras empresas e sonhos http://sverigeapotek.se/.


Problemas sempre irão surgir. Resta diminuir seus efeitos. Não raro, um sócio deixa de cumprir o que foi combinado em contrato, prejudicando os outros sócios ou a sociedade. Nesse caso, é muito comum que os sócios, muitas vezes amigos e até familiares, passem a hostilizar-se. Tentamos, em princípio, solucionar o conflito de forma amigável e não traumática, conciliando os interesses de todos, sem que haja uma disputa judicial. Se não for possível, socorremo-nos com o Judiciário.   Levamos sempre em conta que, tão importante quanto resolver a pendência em relação à sociedade, existem outros interesses que orbitam as partes, como família, bens etc.

Ocorre, também, que um ou mais sócios resolvam, deliberadamente, excluir um sócio de uma sociedade comercial, sem justo motivo. Nesse caso, procedemos a defesa dos interesses desse sócio no sentido de que seus direitos e haveres sejam resguardados.